Muitos erros

Cochiladas há por toda parte, indiscutivelmente. Mas, em alguns lugares, elas são muito, muito mais feias do que em outros. Entre as mais feias, considero as encontradas em convocação ou edital de concursos de literatura. Afinal, como pessoas que vão julgar textos podem ser relapsas com a língua? Se não conseguem identificar erros naquilo que elas próprias escrevem, conseguirão bem analisar os escritos de outrem? Acho difícil.

Vejam este caso, que encontrei recentemente:

Sono atrasado…

Logo de início, o sonolento redator mostra que não sabe fazer concordância de gênero (Deve ser escrito uma História), e prova isso em todo o texto. Ele deveria ter redigido: Deve ser escrita uma história.

Considere estes exemplos de correta concordância:

    • Deve ser realizada uma pesquisa
    • Uma bateria de exames deverá ser autorizada
    • A enfermeira deverá ser aprovada
    • Deverá ser promulgada a nova instrução amanhã

Sem dificuldade, certo?

Além disso, usou uma desnecessária inicial maiúscula em história. Se ele estivesse falando da ciência, da matéria, da disciplina História, estaria certo, mas não é o caso. “João é o novo professor de História”; “Estou fazendo um curso de História Medieval”: dois exemplos de uso correto da maiúscula.

Abaixo de Pontos importantes, ele reconhece (ufa!) que história é menina: história contemporânea. Mas logo depois muda de idéia (eu continuo acentuando essa palavra…): A história deverá ser publicado. Não! O correto é: A história deverá ser publicada! (Veja a listinha de exemplos acima.)

A seguir, usa uma crase onde ela não deveria estar. O correto é: de 18 a 25 anos.

Continuando em sua confusão, diz que a história não pode ser erótico (mais um erro de concordância de gênero), engole um espaço antes do parêntese e faz a grande meleca final: além de voltar a dizer que história é menino, não faz concordância de número: Será aceitos histórias. O correto, obviamente, é: Serão aceitas histórias.

Para concluir, esquece que nome de mês é substantivo comum; por isso, inicial minúscula: junho, setembro.

Dicas

  1. Nunca participe de concursos literários que tenham convite ou edital mal escrito.
  2. Sempre releia com atenção o que você escreve, principalmente se escrever fizer parte de sua profissão ou você for prestar vestibular.

Abraço!

Salvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *