Um pouco de bom senso: governo adia acordo pra 2016

O texto é da Folha de S.Paulo de hoje. ___ O governo federal vai adiar para 2016 a obrigatoriedade do uso do novo acordo ortográfico. As novas regras, adotadas pelos setores público e privado desde 2008, deveriam ser implementadas de forma integral a partir de 1º de janeiro de 2013. Adiamento do novo acordo ortográfico Leia mais… »

Pára e para?

O Acordo Ortográfico tirou o acento de pára, forma da terceira pessoa do singular do presente do indicativo do verbo parar. Algum “imortal” (podiam ser, pelo menos, mais modestos, não?) entendeu, em seu gabinete, que usar a forma verbal sem acento não causaria nenhuma confusão, que seria sempre óbvia a diferença entre o verbo e Leia mais… »

Rebelião da CBL

A Câmara Brasileira do Livro parece não aceitar nem o atual (e espúrio) acordo ortográfico… nem o anterior, dos anos 70, que aboliu a maioria dos acentos diferenciais. Como o autor do texto usou “interêsse” três vezes, penso que ele acredite piamente que a palavra ainda é escrita assim. Se a CBL comete deslizes desse Leia mais… »

Movimento liderado por brasileiros questiona as regras do acordo…

Boa notícia! Pensei só encontrar soldados da resistência em Portugual. Daqui do Brasil eu só havia lido coisas do mestre Cláudio Moreno contra o estapafúrdio Acordo. Felizmente há outros! Será que há esperança? Leia o artigo todo aqui.