Melhor praticar mais

Encontrei o texto abaixo, já há algum tempo, em uma revista distribuída gratuitamente aqui em São Caetano. O fato do texto ter vários problemas não é surpreendente; o constrangedor mesmo é que seu tema é justamente o bom uso da língua. Assinalei algumas coisinhas. Vejam aí. 1. Penso que a autora quis dizer visando ao Leia mais… »

Verbo com acento

Você já reparou que nenhum verbo em português têm acento gráfico? Sabe por quê? Simples: o r final faz com que a sílaba tônica de todos os verbos seja a última. Portanto, todos os verbos em português são palavras oxítonas. O Olhar Digital, porém, esqueceu disso. Olha o que saiu: Claro, claro… o sujeito começou Leia mais… »

30 dicas para escrever bem

1. Deve evitar ao máx. a utiliz. de abrev., etc. 2. É desnecessário fazer-se empregar de um estilo de escrita demasiadamente rebuscado. Tal prática advém de esmero excessivo que raia o exibicionismo narcisístico. 3. Anule aliterações altamente abusivas. 4. não esqueça as maiúsculas no inicio das frases. 5. Evite lugares-comuns como o diabo foge da Leia mais… »

Escrevendo bem, que mal tem?

Depende… Mal e mau são palavras homófonas, ou seja, têm a mesma pronúncia, mas grafia diferente. Portanto, para escrever bem é preciso saber que “mau” usar (aqui me refiro ao som, não ao vocábulo). Eduardo Martins, no Manual de Redação e Estilo do Estado de S.Paulo, classifica a confusão entre mal e mau como o Leia mais… »