Gerundismo: há quem odeie, há quem defenda

Você já deve ter ouvido, e não apenas ao telefone, com atendentes de banco ou de telemarketing, pessoas que podem estar tentando se comunicar por estarem falando desse modo ou por estarem tentando estar dizendo alguma coisa… É o tal do gerundismo.

De origem ainda não muito bem explicada, mas aparentemente por influência do inglês, o gerundismo já produziu muita discussão. Talvez o estopim tenha sido este excelente texto de Ricardo Freire. Ele se tornou praticamente o hino, a declaração de fé dos que odeiam o falar “gerúndico”, como o pessoal do Chega de Gerundismo, um blog destinado a essa batalha inglória.

Mas há quem defenda quem pode estar falando desse modo. Com argumentos questionáveis, o prof. S�rio Possenti fala a favor do gerundismo. Confira e pense no assunto. (Não, não vou terminar o texto usando um exemplo engraçadinho de gerundismo…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.