Em defesa da língua

Gostei muito dessas tirinhas do Nóis na Tira. Parabéns ao Rodrigo Leão!

Nessa primeira ela resvalou num detalhe: após a vírgula, não se pode usar pronome oblíquo.  Ele deveria ter usado “eu o condeno” ou “condeno-o”.

Ah, o odioso miguxês, internetês ou seja lá o nome que essa praga tenha…

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.