SP distribui livros com o termo “encino”

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo distribuiu livros com um erro de português, a palavra “encino”, a professores da rede estadual de escolas públicas. O material com o erro é utilizado para orientar os professores de inglês que dão aulas à 8ª série.

Segundo a assessoria de comunicação do órgão, o erro é de digitação. Nessa mesma apostila, a palavra ‘ensino’ foi escrita outras quatro vezes, da forma correta. Em outros 75 guias, o termo está grafado corretamente mais de 300 vezes.

O material não será recolhido para correção porque ele não chega às mãos dos alunos, de acordo com a Secretaria. As apostilas são materiais bimestrais editados pela Secretaria. Outros erros já foram apontados por professores e corrigidos pelo órgão neste ano.

Fonte

____

Onde está o revisor que não vê erro de digitação? Colocar a culpa no digitador é muito fácil. Será que é ele o responsável final pelo texto?

One Reply to “SP distribui livros com o termo “encino””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.