Escrevendo bem, que mal tem?

Depende… Mal e mau são palavras homófonas, ou seja, têm a mesma pronúncia, mas grafia diferente. Portanto, para escrever bem é preciso saber que “mau” usar (aqui me refiro ao som, não ao vocábulo).

Eduardo Martins, no Manual de Redação e Estilo do Estado de S.Paulo, classifica a confusão entre mal e mau como o erro 1 no capítulo “Os cem erros mais comuns”. Erro que o Yahoo cometeu ontem:

O correto aí seria “mau gosto”, pois mau se opõe a bom e mal, a bem. Uma brincadeira pode ser de bom gosto ou de mau gosto, assim como duas miguxas estão de bem ou de mal.

Conhecer as dobradinhas mau e bom e mal e bem deveria ser suficiente para resolver a dúvida sobre quando usar mal ou mau. Mas não é. Muita gente esquece quem faz par com quem, como o revisor do Yahoo. Então, o Que Falta Faz um Revisor vai resolver isso de uma vez por todas! Pretensões à parte, vou apresentar umas dicas adicionais para você não cometer mais esse erro. Mas observe: não são regras de português! Pelo contrário, são dicas nada ortodoxas, de fazer Napoleão Mendes de Almeida revirar na tumba. Dicas que funcionam, e é o que importa.

Dica 1: Quem come bombom é maumau
Versinho bobo, mas vai ajudar você a lembrar do par bom e mau. Lembre-se até de que havia um desenho animado na tv, no século passado, com o nome de Bom Bom e Mau Mau (são os dois rapazes que ilustram esse tópico). Se bateu saudade dele, assista um episódio aqui.

Dica 2: Comer mel faz bem
Ninguém confunde mel com meu; portanto, não confunda mal com mau. Mel faz bem; ser mau não é bom. Grave o casal mel e bem e você não terá mais dúvida sobre o uso de mal.

Dica 3: O cara mau não é meu amigo
É isso. Lembre-se da frase. Se você quisesse usar “cara mal”, teria de usar “mel amigo”, e você não faria isso, certo?

Dica 4: Há males que vêm pra bem
Sabedoria lingüística em provérbio popular. Ninguém diria “há maus que vêm pra bem”, certo? Se gravar o provérbio, mesmo que não acredite nele, já não erra mais.

Se aparecer mais alguma dica, coloco aqui.

Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.